sábado, 10 de outubro de 2009

FIQ NEWS + QUINA GALERIA
















Por Jorge Lafond, ex-namorado do Leonardo da seleção de 94.

O 6º Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ) de Belo Horizonte começou na última terça-feira e nem a chuva que deu ao evento um toque de feng shui abrindo diversas cataratas no teto do Palácio das Artes, desanimou os jovens desocupados do stand das Revistas Dependentes. Formado pelos prestigiosos editores das revistas Quase, Prego (ES), Samba (DF), Tarja Preta (RJ) e Macaco (GO), o stand, apesar da forte multiplicidade étnica de aromas, odores e sabores, atraiu o que de mais bizarro estava circulando pelo evento. Como graciosas varejeiras multicoloridas pousando num apetitoso pedaço de cocô, pessoas fantasiadas de Elfo e RPGistas espinhentos não se deixaram abalar pelas ofensas dos cartunistas bêbados do stand, e gastaram as economias de suas avós nas revistinhas de humor. Um símbolo de perseverança da juventude belorizontina que é digno de menção.

Felizmente, nem tudo foram flores nesse festival. Um dos editores da Quase, o cachoeirense Raul Chequer, insatisfeito com o clima harmônico do evento e a inofensividade de Fábio Turbay após os gritos de "ladrão", feitos em coro pelos Dependentes, quase causou um triste incidente diplomático num bar sujo da capital mineira.

Após ser abordado por Margarida, cantora independente da cidade que vende seus CD's pelos bares do centro, Raul Chequer, num ato de altruísmo e preocupação com a carreira da artista-mendiga, resolveu lhe dar uma lição para toda a sua vida: "Não quero essa merda não. Vai gravar suas próprias músicas!", disse Chequer singelamente, tentando passar para a cantora toda a sua experiência de sucesso no campo das artes independentes.

A cantora, no entanto, talvez pelo molejo desconexo dos lábios e a falta de comunicação entre o voz e cérebro causada pela mistura irresponsável de alcool e Dramin do jovem editor, não entendeu o seu ato de doação naquele momento. Insatisfeita com as críticas feitas por Raul ao seu trabalho, Margarida logo lhe passou um sermão que todos daquela mesa nunca iriam se esquecer até as primeiras horas da manhã seguinte.

Essa é mais uma vitória da música regional contra as revistinhas fajutas de humor. Então comemore com a gente hoje, 10/10, no lançamento conjunto das Revistas Dependentes a partir das 14h na Quina Galeria (Ed. Maleta, sobreloja 6, Centro). Raul te espera lá!