quarta-feira, 13 de abril de 2011

SOMOS TODOS HERÓIS



“Cachaça” traz as aventuras de um herói brasileiro, Tião Aço Fino. Aço Fino é fora de forma, desajeitado, não tem ideologia definida e tudo indica que carrega uma certa tendência ao alcoolismo. Não há nenhuma virtude nesse personagem, a não ser sua boa intenção e sorte, que parecem ser suficientes para fazê-lo, meio que ao acaso, embarcar em uma missão perigosa e escapar de seus inimigos maléficos.

A falta de inteligência, força física e estrutura moral de Tião Aço Fino não mancham sua condição de herói. O personagem demonstra que boa intenção, coração puro e sorte são suficientes e mais decisivos na hora da verdade do que complexas virtudes de caráter, profunda filosofia de vida ou rigorosos treinamentos militares. A forma com que perdoa seus inimigos pela pura preguiça de se vingar brinca com a confusão entre definições de bondade e valentia, compaixão e acomodação. Aço Fino pode parecer um estereótipo a princípio, mas sua reticência moral e natureza gentil fazem com que sua simplicidade desmistifique e complexifique conceitos do imaginário popular presentes em filmes de ação, desconstruindo o herói inatingível, entediante e simplista que nunca erra. Tião Aco Fino é bom e ruim, tem medo, mas é destemido, assim como as pessoas comuns. Ou seja, é um herói de merda.

Morais Moreira.